terça-feira, 22 de maio de 2012

Não sirvo pra ninguém.

“Você já não gosta de mim, mas eu ainda sou a mesma. Acho que foi você que criou bom gosto, finalmente viu que não sirvo pra você, não sirvo pra ninguém.” 

— Caio Augusto Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário